Categorias



Começa a capacitação de dois anos para olericultores

06/08/2018 - Publicado por: Emerson Gonçalves - Categoria: Agricultura - Tags: ateg senar

Até 2020, produtores inscritos receberão assistência técnica e gerencial em suas propriedades com o objetivo de implementar e aumentar a produtividade

Cerca de 30 agricultores, 25 deles jaraguaenses, participaram na última semana do início da capacitação gratuita “Assistência Técnica Gerencial (ATeG)” voltada ao pequeno e médio produtor com perfil de olericultores que atuam no cultivo de hortaliças e que engloba culturas folhosas, raízes, bulbos, tubérculos, frutos diversos e partes comestíveis de plantas. A abertura do evento ocorreu dia 2 na sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Jaraguá do Sul sendo uma iniciativa do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Rural e Abastecimento da Prefeitura de Jaraguá do Sul e do Sindicato Rural de Massaranduba.

“Uma vez por mês um técnico do Senar passará na propriedade onde ficará por quatro horas prestando assistência técnica e consultoria”, explicou o secretário de Desenvolvimento Rural de Jaraguá do Sul, Daniel Peach.. A metodologia da ATeG está fundamentada em cinco etapas que envolvem todo o processo a ser aplicado no desenvolvimento da unidade rural atendida.

São elas:

1 – Diagnóstico Produtivo Individualizado: quando são levantadas informações produtivas, ambientais, sociais e econômicas necessárias para estabelecer metas e um cronograma de ações eficazes;

2 – Planejamento Estratégico: importante etapa para definição dos objetivos entre o agricultor e seu técnico de campo, sempre com acompanhamento de um supervisor;

3 – Adequação Tecnológica: é quando são feitas as recomendações pela equipe técnica que geram impacto direto em todo o sistema de produção;

4 – Capacitação Profissional Complementar: com a experiência do Senar, os cursos de curta e média duração complementariam os conhecimentos trazidos pelo técnico de campo e auxiliariam nas decisões tomadas pelo produtor rural.

5 – Avaliação Sistemática de Resultados: conjunto de ferramentas operacionais e tecnológica desenvolvidas pela Senar que apontam para o alcance do resultado ou sinalizam a necessidade de ajustes no planejamento da propriedade.

O secretário Daniel Peach destacou ainda que a ATeG é outra importante etapa do Programa Cinturão Verde, lançado em 2017. “Na próxima semana já estaremos entregando os kits com estufas para esses agricultores contemplados o que complementa bem esse curso de assistência técnica. Aí ele (produtor) vai poder montar toda a tecnologia baseado nessas novas estufas”, adiantou.

 




Jaraguá do Sul - SC - CNPJ: 83.102.459/0001-23 - Rua Walter Marquardt, 1111 - Barra do Rio Molha - 89259-565 - Caixa Postal 421 - Fone: (047) 2106-8000